Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Budismo, meditação e cultura de paz | Lama Padma Samten

Arriba!

Arriba!

Nascendo no Lótus: estudo e prática | CEBB PoA

Nascendo no Lótus: estudo e prática | CEBB PoA

Sextas | 9h às 10h30

“Quando quisermos localizar o que está além do sofrimento, começamos a olhar as coisas e descobrimos que a natureza de Buda, a natureza primordial, está em todas elas. Não há nenhuma manifestação que não seja essa natureza primordial, mesmo o vaguear da mente. Então, quando temos as experiências, podemos compreendê-las como um lago com as suas ondas. Enquanto os pensamentos vagueiam eles são como as ondas que vão surgindo num lago e que, eventualmente, queremos controlar. Mas, nos ensinamentos mais elevados, evitamos controlar, percebemos que as ondas vêm e vão. No entanto, o lago é permanente, as ondas podem ser pequenas, maiores, se dissolverem, podem passar por vários problemas, mas o lago está lá! Assim, quando falamos dos pensamentos como ondas, isso nos remete não à noção da própria onda, mas à noção de algo que transcende as ondas, que é o próprio lago.”

 

— Lama Padma Samten

 

No budismo Mahayana (traduzido como “Grande Veículo”), surge a noção do Bodisatva: alguém que fez o voto de retornar, vida após vida, unicamente com o propósito de guiar os seres à felicidade genuína. O Bodisatva é aquele que aspira atingir a iluminação não pelo seu próprio benefício, mas pelo benefício dos seres, para que todos, sem exceção, alcancem o estado último de liberação.

 

O Lama Padma Samten frequentemente nos diz que o Bodisatva tem a cabeça voltada para a terra: ele vê o sofrimento dos seres, é tocado por ele e compreende suas causas. Contudo, seus pés estão “apoiados” no céu: ao mesmo tempo em que ele vê e entende o sofrimento, ele está livre e sabe que a natureza de todos os fenômenos é vazia e luminosa. Ele sabe que o sofrimento não existe inerentemente e que, por isso, podemos nos liberar a qualquer momento. Essa atitude, essa motivação de se mover pelo benefício dos outros a partir de um olhar de compaixão e sabedoria, é chamada de bodicita.

 

Neste grupo de estudos, leremos e contemplaremos, juntas(os), a transcrição de um retiro em que o Lama Samten expõe todos os passos do caminho do Bodisatva e nos oferece um guia teórico e prático para fazer surgir bodicita: para que, emulando o exemplo de Guru Rinpoche, nasçamos sobre uma flor de lótus em meio ao lodo do sofrimento.

Nascendo no Lótus: estudo e prática
sextas | 9h às 10h30
facilitadora: Caroline Souza, sob orientação de Lama Padma Samten
transmissão via Zoom: https://us02web.zoom.us/j/6756152513
contribuição livre através da conta

Banco Banrisul (041)

Agência 0100

Conta corrente (conjunta) 35.392385.08

Favorecido: Kátia Kraemer

CPF 381.674.920-87