Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Budismo, meditação e cultura de paz | Lama Padma Samten

Arriba!

Arriba!

Conselho para pais de filhos pequenos | Lama Padma Samten

Conselho para pais de filhos pequenos | Lama Padma Samten

Ensinamento de Lama Padma Samten no 6º dia do Retiro de Verão 2016, de 5 a 14 de fevereiro, no CEBB Caminho do Meio (Viamão, RS). Transcrição de Marcos Bauch.

Pergunta: Que ensinamentos passar para os filhos pequenos?

Resposta do Lama Padma Samten:

Isso se funde um pouco com o método de como levar [a vida], né? Isso seria, essencialmente, a gente praticar boas coisas. Começa assim. Trazer benefícios é uma posição chave que eles deveriam entender, que fecha os mundos inferiores, o renascimento nos mundo inferiores.

O renascimento não é uma coisa que precisa que a gente perca o corpo pra readquirir o corpo. As transmigrações em direção a mundo melhores, evitando os mundos inferiores ou fechando os mundos inferiores, estão ligadas a compreendermos que deveríamos produzir coisas positivas para os outros — e não produzir coisas negativas. Isso fecha a passagem para baixo. No mínimo, nos garante uma continuidade de transmigrações dentro do reino humano.

O mais importante é os filhos verem a gente fazendo isso, aí eles imediatamente detectam aquilo e começam a usar. No entanto, se a gente falar uma coisa e fizer outra… Tokuda San dizia: “Os pais ensinam uma coisa, mas fazem outra. E os filhos copiam as costas dos pais, não o que eles falam.” Isso é muito verdadeiro.

Se a gente tiver respeito pelo Darma, tiver respeito pelas pessoas, pelo ambiente, meditar um pouco, se a gente der esse exemplo, mesmo que a gente não os traga, eles vão se acostumando. Aí aquilo vai ficando. Esse exemplo é o ponto mais importante.

Agora, a gente tem contradições, né? Por exemplo, se estamos no Bloco 0, a gente tem uma vida espiritual, mas a vida espiritual nunca se harmoniza totalmente com o Bloco 0. Então também tem isso, né? A gente fazendo aquilo, mas num momento a gente diz: “Bom, isso aqui também não, agora temos que fazer tais e tais coisas, que, enfim, o mundo é assim”. E começa esse tipo de divisão.

É super importante se conseguimos, em nossa própria vida, viver de uma forma coerente com o Darma. É super útil. É um desafio, né?

Vídeo do ensinamento