Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Budismo, meditação e cultura de paz | Lama Padma Samten

Arriba!

Arriba!

estudo: A Roda da Vida | CEBB Lajeado

estudo: A Roda da Vida | CEBB Lajeado

Quartas | 20h

Vamos estudar profundamente cada um dos Doze Elos da Originação Dependente, como uma forma de entender o que podemos chamar de Psicologia Budista – um termo emprestado do pensamento ocidental – por se tratar do estudo da mente e de todos os processos que nela ocorrem.

Quando o Buda atingiu a iluminação, na manhã seguinte, ele se perguntou: “Como os seres, que têm a mesma natureza de Buda, se atrapalharam a ponto de agir a partir do carma e ficarem na situação difícil do sofrimento, da impermanência, da experiência cíclica que eles experimentam hoje?” O Buda perguntou a si mesmo e ele mesmo respondeu. Ou seja, quando ele se perguntou, o fato de ele ter acesso à compreensão da realidade fez com que, imediatamente, entendesse que isto ocorria e se sustentava incessantemente através de doze etapas, que são os Doze Elos da Originação Dependente. Essas doze etapas nos explicam como uma natureza livre pode, repentinamente, surgir como um ser dos infernos, como um ser carente ou faminto, como um ser em corpo de animal, ou ainda, no reino dos seres humanos, no reino dos seres invejosos ou semideuses e também no reino dos deuses da forma e da não forma. Então, o Buda entendeu perfeitamente, através de doze etapas, como as pessoas se conectam com esses âmbitos fantasmagóricos, com essas classes de realidades.
Lama Padma Samten

Ao mesmo tempo, vamos buscar apontar o aspecto vazio e luminoso desses elos, buscando entender como eles são construídos, e como podem ser dissolvidos. A realidade toda se constrói à nossa volta e estrutura o que o Lama Samten vai chamar de “bolhas”. Porém essas bolhas não são fixas. Compreendendo como o processo se dá, podemos dissolvê-lo, liberá-lo, compreender seu aspecto lúdico e mágico.

A liberação ocorre pelo riso e não pela seriedade, não pela dinamite, não pela vacuidade, não temos que destruir o mundo. Temos que iluminá-lo! Nós sorrimos para ele. Como alguém que repentinamente se vê de forma mais ampla do que se via. O samsara não é negativo, o samsara é lúdico.
Lama Padma Samten

estudo | A Roda da Vida
Quartas | 20h
CEBB Lajeado (Rua Ivone Maria Sbruzzi, número 106, Bairro Alto do Parque, Lajeado)

contribuição livre