Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Budismo, meditação e cultura de paz | Lama Padma Samten

Arriba!

Arriba!

Práticas Regulares CEBB Sukhavati

Práticas Regulares CEBB Sukhavati

A aldeia CEBB Sukhavati está localizada em Quatro Barras – região próxima da cidade de Curitiba. Com estudos e práticas de meditação regulares desde sua inauguração, o Sukhavati tem a alegria de ter recebido retiros e cursos com muitos professores e mestres budistas. Em 2022 inicia a campanha para a construção de seu Templo e todos são convidados a conhecer.


Programação

Com práticas de meditação sob a orientação do Lama Padma Samten, há uma série de oportunidades durante a semana toda. Venha com roupas confortáveis. Todos são convidados!

Horários Praticas

As práticas online e híbridas seguem na Sala do Zoom (sala 840-001-0810, senha 108108).

Importante: Nos feriados, consulte antecipadamente se haverá prática no dia.

Contato: Bruno (41) 9-9209-2665 ou Juliana (41) 9-9602-3948.


Como Chegar

CEBB SUKHAVATI – Av. D. Pedro II, 6506 – Quatro Barras/PR (Estrada Velha da Graciosa)


Mapa CEBB Sukhavati

Abrir no Waze Abrir no Google Maps


Contribuição

As atividades dos CEBBs são sustentadas pela generosidade da sanga, por meio de doações livres e espontâneas. A contribuição é um convite para apoiar o florescimento do Darma. Para doar:

CEBB – Centro de Estudos Budistas Bodisatva
CNPJ (PIX): 02.779.838/0001-50
Banco Itaú · Agência 1656 · Conta 27500-3
Enviar comprovante para: financeiro.cebbsukhavati@gmail.com

PicPay CEBB Sukhavati
· Débito Mensal Automático ·


Projetos

Na Aldeia há também uma associação sem fins lucrativos com o objetivo de promover atividades nas áreas de educação, esportes, artes, cultura e meio ambiente para que possamos construir uma cultura de paz, o ICM Sukhavati.

Um dos projetos no CEBB Sukhavati é o OrgânicoZen – um olhar de educação ambiental voltado para o ensino prático de cuidados com o meio ambiente, rural e urbano. Traz um conceito de ecologia que inclui o ser humano como parte do ecossistema e valoriza a variedade de espécies nativas.