Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

Budismo, meditação e cultura de paz | Lama Padma Samten

Arriba!

Arriba!

“Nós somos a natureza de buda olhando uns aos outros a partir de diferentes pontos” | Lama Padma Samten

“Nós somos a natureza de buda olhando uns aos outros a partir de diferentes pontos” | Lama Padma Samten

Ensinamento de Lama Padma Samten durante o retiro “Meditação como caminho de liberação” no CEBB Mendjila (Canelinha, SC), de 12 a 15 de novembro 2016.

A posição onde a pessoa está gera uma visão de mundo. Então o mundo não é pré-existente. Aí quando nós nos olhamos uns aos outros, nós vemos que cada um olha os outros a partir de um certo condicionante. Isso é muito interessante porque a gente pode também olhar assim: “nós somos a natureza de buda olhando uns aos outros a partir de diferentes pontos”. Eu acho essa visão super interessante porque aí nos olhamos uns aos outros com esse olho.

Por exemplo, a Inez está me olhando… Sou eu me olhando desde de um conjunto de referenciais que ela opera. E é melhor olhar assim mesmo, da forma mais próxima de como as coisas são.

Isso tem reflexos também no funcionamento social. Se nós vamos experimentando e amadurecendo essa visão, não se trata de pessoas competindo umas com as outras. As visões diferentes são muito úteis. Elas são a minha própria visão brotando de um outro lugar. Se eu quiser pensar de uma forma complexa, é melhor eu escutar todo mundo, pois todos estão oferecendo visões que brotam de pontos específicos. Elas permitem um amadurecimento muito mais rápido. Se eu tentar pensar sozinho, eu vou levar muito tempo.

O Buda descobriu um lugar sem conteúdo, livre da fixação às visões condicionadas. O Buda não é alguém. O Buda é a lucidez que brota do ponto sem condicionante. O Buda aponta a possibilidade de nós olharmos desde de um ponto livre de condicionantes que inicialmente vamos chamar de espaço.

Vídeo do ensinamento

Todos os ensinamentos desse retiro.